quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Overdose na polarização eleitoral

Por Almir M. Quites



A eleição presidencial foi sórdida, indecente, tensa demais e com graves retrocessos! O percentual de votos nulos foi o maior desde 1989. A soma dos percentuais de nulos, brancos e abstenções ultrapassou a marca de 30%. Isto se deve a decepção não só com os políticos, mas também com o processo eleitoral e a urna eletrônica. 

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Expectativas com o governo Bolsonaro

Por Almir M. Quites



Não votei no Bolsonaro, nem no outro, porque achei que nenhum dos dois tinha condições para assumir o cargo mais importante da nação, mas desejo que Bolsonaro faça um bom governo!

domingo, 28 de outubro de 2018

O caso da Seção 227 da Zona Eleitoral 404

Por Almir M. Quites

Defeito do eleitor: patológica mania por transparência.
Quer ver o seu voto!

Coisas muito estranhas ocorreram no primeiro turno das eleições de 2018!

A questão das URNAS ELETRÔNICAS já  não pode ser discutida no Brasil, porque o governo instituiu a censura nas redes sociais. Isto é muito grave. Pode ser até que este meu blog, que não tem expressão nacional, também seja censurado. 

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Juiz pretendia periciar urnas eletrônicas

Por Almir M. Quites



Coisas muito estranhas aconteceram no mês de setembro deste ano, um pouco antes do primeiro turno da eleição presidencial. Não sei julgá-las à distância e por isso não emito opinião, apenas manifesto minha estranheza. 

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

De ilusão a desilusão, a História se repete

Por Almir M. Quites



Eu não acreditava na vitória de Bolsonaro nestas eleições! 

Como ainda acredito que a Organização Criminosa Mor (OrCriM) não tinha interesse nele e que manipularia o eleitorado conforme sua conveniência, fica-me a impressão de que alguma coisa deu errado! 

Por outro lado, acho que a "lua de mel" com Bolsonaro como Presidente será curta. O PT deve estar contando com isso! 

domingo, 21 de outubro de 2018

Urna eletrônica: os fatos, sem os boatos

Por Almir M. Quites



O Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo realizou neste sábado (20/10/2018) o que eles chamam de "auditoria pública" de verificação da integridade dos sistemas eleitorais de quatro urnas eletrônicas utilizadas no dia 7 de outubro (1º turno da eleição presidencial). Eles mesmos se auditam para verificar se as denúncias de fraude, no 1° turno, eram "fake news" ou não. Se não forem, os próprios auditores que se auditam podem apagar as pegadas da fraude! 

Confuso?

GloboNews repassa "Fake News"

Por Almir M. Quites



Ontem, dia 16 de outubro, no GloboNews em Pauta, a jornalista Eliane Cantanhêde, repassou "fake news" aos telespectadores. Ela afirmou que as urnas eletrônicas do Brasil são elogiadas no mundo todo e que o Brasil usa a mais alta tecnologia na apuração eleitoral!

Pode colocar isto na Banco de Boatos: 
Fato ou "fake"? Resposta: Falso!

domingo, 14 de outubro de 2018

Depoimento de 2018 e indignação de eleitor

Por Almir M. Quites 



Fui votar. 


Logo na entrada da seção eleitoral, pediram-me a Carteira de Identidade.

Perguntei: 
 —  "Ué, então, para que serve o Título de Eleitor?
 — "É assim", responderam, "precisa o Título e Carteira de Identidade para identificar". 
 — "Então, para que serve a biometria?
 — "É assim que funciona". 

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Condenados a repetir a História

Por Almir M. Quites



O jornal 'O GLOBO' estava redondamente errado em 1° de abril de 1964, quando publicou o editorial ufanista intitulado ‘RESSURGE A DEMOCRACIA!’ e já reconheceu isso publicamente. 

sábado, 6 de outubro de 2018

A crise brasileira é gravíssima

Por Almir M. Quites


A CRISE BRASILEIRA É GRAVÍSSIMA!

Brasileiros, não subestimem a crise! Não permitam que nosso lindo país seja colocado de novo nas mãos de extremistas: extremistas na irresponsabilidade, na incompetência, na imaturidade, no fanatismo, no militarismo, sejam eles de direita ou de esquerda. Basta o erro já cometido com os ex-presidentes analfabetos funcionais Lula e Dilma. Deu no que deu: muita propaganda encobrindo a gestação da maior crise da nossa História!

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Povo ludibriado

Por Almir M. Quites


Já que o assunto do momento é o processo eleitoral e considerando que as posições políticas andam exacerbadas, começo esclarecendo que não voto em Haddad nem em Bolsonaro. Também adianto que não gosto de receber propaganda política e que não tolero fanatismos!

Gosto do debate sério e respeitoso, onde cada um aprecia o argumento antagônico bem formulado! Isto sim! Acho que atualmente o debate político é de muito baixo nível e não aborda as questões essenciais. Além disso, pelo que observo há muitos anos, o povo está sendo ludibriado mais uma vez e não percebe.

POVO LUDIBRIADO é POVO EXPLORADO!

terça-feira, 2 de outubro de 2018

Voto de cabresto

Por Almir M. Quites



Percebi, pelo Whatsapp, que muitos eleitores não sabem o que é "voto de cabresto". Até precisei esclarecer que, nesta expressão, a palavra "cabresto" é uma metáfora, uma alegoria, que indica que o votante foi conduzido em sua escolha. Obviamente, em toda a história da humanidade, ninguém colocou um cabresto no eleitor e o puxou por uma cordinha até a urna.

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa