segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Quem vê o trilho prevê o caminho

Por Almir M. Quites


Lendo o artigo escrito pelo Professor Espíndola, lembrei-me de uma frase que escrevi em meu blog: "Quem vê o trilho sabe por onde o trem vai passar. Quem sabe que as eleições de 2018 estão sob completo controle da Organização Criminosa Maior (OrCrim) sabe prever o comportamento dos políticos. " [Nota 1]



Se consigo ver os trilhos, devo poder fazer algumas previsões, pelo menos como hipóteses a serem comprovadas pelos fatos. 

Primeiro, leia o artigo do meu colega e depois, continue lendo aqui, porque apresento adiante as minhas singelas previsões.

(artigo de J. J. de Espíndola)

Este artigo mostrou como a Organização Criminosa Maior (OrCriM) articula-se nos três poderes da ilusória República Federativa de Brasil. Fatos atuais foram comentados.

Daqui em diante, acrescento os meus comentários. 

O primeiro deles mostra como está sendo montado o cenário eleitoral para 2018.

Tudo indica que a estratégia será a mesma de 2014, quando Dilma Rousseff foi oficialmente reeleita.

Os dois partidos que o ex Procurador Geral da República, Rodrigo Janot, apontou como estando no fulcro da Organização Criminosa Maior, vão se aliar, agora oficialmente, para participarem juntos da ELEIÇÃO de 2018. Em outras palavras, a aliança de 2014 vai ser oficialmente refeita.

Como o autor do artigo ressalta, cabe perguntar se, nesta aliança PMDB/PT eleitoral, vão entrar também o CV (Comando Vermelho) e o PCC (Primeiro Comando da Capital), já que há interesses comuns.

De minha parte, acrescentaria algumas previsões chocantes, como hipóteses a serem confirmar ou negadas pelos fatos, tais como:
  • ➠ A aliança criminosa inclui um compromisso especial com a impunidade. Os aliados Temer e Lula vão ser beneficiados por uma Lei comprada (nas bancadas do Congresso) com recursos públicos. Será uma anistia para ex presidentes, redigida de tal maneira que nela possam ser incluídos alguns outros aliados de peso, como o senador Aécio Neves, por exemplo.
  • ➠ O PSDB vai participar da encenação eleitoral fazendo o papel de oposição e com todo o cuidado para não ganhar. Deve se apresentar ao eleitor como uma força de centro, contra os candidatos da aliança PMDB&PT (à esquerda) e Bolsonaro (à direita), este último esvaziado através da tática do voto útil. Geraldo Alckmin tem alta probabilidade de ser o candidato do PSDB.
  • ➠ O povo continuará se iludindo com as eleições e aderindo a um candidato, não porque ele  tenha méritos próprios, mas para evitar a eleição do outro. É o voto constrangido ou voto útil. Deste modo, é óbvio, o povo estará sendo conduzido inocentemente pelo brete estabelecido pelos grandes chefões da política, já que foram eles que escolheram todos os candidatos!  
  • ➠ Os políticos continuarão roubando e o povo seguirá sendo enganado, empobrecendo e perdendo a saúde! 
  • ➠ O poder permanecerá concentrado na Organização Criminosa Maior (OrCriM), que conquistou os três poderes da nossa tão sonhada república. O Brasil nunca foi uma república, muito menos federativa, como manda a Constituição. O que é triste é constatar que continuamos, cada vez mais, nos afastando dela.
Como se percebe, não dá para imaginar que as eleições de 2018 possam representar uma mudança na política brasileira. Com o tempo, a crise passará a ser percebida como se fosse a normalidade. Doce ilusão numa amarga normalidade!

Não há saída mágica desta profunda crise. Antes, o povo precisa ter consciência destes fatos e considerá-los de extrema importância. 

POVO ILUDIDO, POVO VENCIDO.
________________________

Nota:  O JOGO DOS BASTIDORES - http://almirquites.blogspot.com.br/2017/10/o-jogo-dos-bastidores.html


𝓐𝓵𝓶𝓲𝓻 𝓠𝓾𝓲𝓽𝓮𝓼
      Almir Quites


Para onde vão os recursos públicos? 
Para o bem comum eles faltam!
Para atender ao interesse dos políticos eles abundam!


==  ==

`°•○□■♢☆《 AMQ 》☆♢■□○•°`


Mais artigos deste blogue ("weblog")
Clique sobre o título.
  1. A natimorta democracia brasileira
  2. Brasil, em se mentindo, tudo pega
  3. Povo iludido é povo vencido, extorquido, empobrecido
  4. A ministra e suas comoventes declarações
  5. As duas faces do mesmo cinismo
  6. A política brasileira é uma vergonha tragicamente ridícula
  7. Eleição no Japão é mais uma lição
  8. O jogo dos bastidores
  9. O STF, o Senado e a bagunça institucional
  10. A agonia brasileira
  11. Que vexame aquele julgamento do TSE!

♢《 AMQ 》♢°`

_____________________________________________________
Aviso sobre comentários 
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outrs variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos. Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
______________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa