quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

O decepcionante Congresso brasileiro

Por Almir Quites - 01/12/2016


O que aconteceu na Câmara Federal na madrugada de ontem, sob o comando de Rodrigo Maia, foi uma gigantesca ignomínia, um absurdo sem precedentes. 

Como você se sentiria se o Congresso Nacional aprovasse uma "Lei do Assassinato Livre", pala qual o assassinato deixasse de ser crime e todos os assassinos fossem anistiados? Você se sentiria no dever de respeitar esta lei? Não foi isto que o que aconteceu, mas foi algo equivalente.
A Câmara Federal esquartejou e desfigurou o texto do pacote contra a corrupção proposto pela Lava-Jato, numa operação orquestrada que envolveu todos os partidos. Transformaram as 10 MEDIDAS CONTRA A CORRUPÇÃO em 10 MEDIDAS A FAVOR DO CRIME. Os parlamentares fizeram uma Lei para que eles próprios possam se salvar da Justiça.

LEGISLAR EM CAUSA PRÓPRIA É CRIME, mas não para eles, os políticos brasileiros! O que aconteceu ontem foi uma VERGONHA! Leia aqui:
http://almirquites.blogspot.com/2016/11/legislar-em-causa-propria-e-crime.html

A Câmara Federal golpeou ferozmente à Lava-Jato, aprovando lei que visa intimidar o Ministério Público e o Judiciário.

A Câmara está formada por uma maioria de bandidos, sendo que a maior parte deles também é de baixo nível intelectual. Eles não são capazes de se unir em torno dos interesses do país, mas são capazes de agir afinados, de modo supra partidário, quando se trata de seus interesses pessoais. Eles legislaram em favor de sua própria impunidade. Por terem este poder, configuram um regime de TIRANIA.

A imoralidade dos parlamentares é ainda maior do que se poderia supor!

Ontem, o povo brasileiro foi traído! Com tantos assuntos mais urgentes a serem tratados neste país, que padece em profunda crise e em prolongada recessão econômica, os parlamentares estão preocupados apenas em se proteger da ação do poder judiciário! Estão preocupados com o abuso de autoridade dos juízes de primeira instância, mas não de parlamentares, de altos governantes do poder executivo ou de juízes dos tribunais federais, que geralmente os protegem.

Os políticos ainda não compreenderam que o Brasil mudou, depois que as redes sociais aproximaram os brasileiros do debate político. 

A própria rede Globo de Televisão não percebeu isto, como ficou bem claro na apologia descabida que fez a Fidel Castro, causando profunda indignação na opinião pública, que já sabe, muito bem, que Fidel foi um facínora irresponsável. O mito do herói cubano acabou, é coisa do passado. Sobre isto leia aqui:
A MORTE DE FIDEL CASTRO E O ÊXTASE DA GLOBONEWS
http://almirquites.blogspot.com.br/2016/11/a-morte-de-fidel-castro-e-o-extase-da.html

Os acontecimentos da semana passada também evidenciaram que até o Presidente Temer e os dois presidentes das Casas do Congresso também não perceberam que o Brasil mudou. Parece que "vivem no mundo da lua". 

Renan Calheiros, por exemplo, chegou ao cúmulo de demonizar publicamente o pacote original anticorrupção, mesmo sendo, ele próprio, alvo de 12 inquéritos. Hoje, ele pode virar réu no STF, no processo em que é acusado pelo Ministério Público de ter feito as despesas de uma filha (com a jornalista Mônica Veloso) serem bancadas por uma empreiteira. Ao virar réu, Renan perderá a capacidade de mobilizar senadores para aprovarem o que for de seu interesse.

O Brasil está indignado! No entanto, a crise está longe de terminar. Precisamos estar preparados para enfrentar uma campanha destinada a desmoralizar os Procuradores da Lava-Jato e especialmente o Juiz Moro. Parece-me evidente que os políticos farão uma campanha sórdida com este objetivo, pela mídia e com recursos públicos. As rádios do país e emissoras de TV, que são de concessão pública, escalarão "repórteres", "especialistas" e políticos para convencer o povo de que "juízes e promotores estão desrespeitando o Congresso", como se uma lei PRÓ-CORRUPÇÃO pudesse ser legítima só por ter sido aprovada no parlamento!

Enfatizo, que precisamos REPUDIAR a ação supra partidária que desvirtuou o Projeto de Lei Anticorrupção, sem discussão com a sociedade, com organizações não governamentais e o próprio Ministério Público, inclusive sobre os seus reflexos nas investigações da Operação Lava-Jato.

Precisamos fortalecer as manifestações em apoio a Lava-Jato já marcadas para este domingo, 4 de dezembro.

Precisamos mudar o Brasil urgentemente.


□●○•° COMPARTILHE! URGENTE! °•○●□

🌎 ✼ ✻ ✺✹✸ ✷ ✶ - ✶ ✷ ✸✹✺ ✻ ✼🌎 .


Mais artigos deste "blog" ("weblog")
Clique sobre o título.

_______________________________________________________________
Aviso sobre comentários:
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.
Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!

Volte sempre!
_______________________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM   
 USE OS BOTÕES ABAIXO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa