quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Juntos edificaremos o Brasil

Por Almir Quites - 28/12/2016


No que estou pensando?

Poisintão... 



A vida é repleta de momentos alegres, mas também de momentos muito difíceis, inclusive trágicos. Temos que aprender a ser compreensivos e solidários quando tudo está bem, não só nos momentos difíceis.

Se fôssemos assim, já teríamos aprendido a ter este comportamento no dia-a-dia, não apenas individualmente, mas também como povo. Já saberíamos nos precaver e teríamos evitado os sucessivos desgovernos que temos tido.





2017 (MMXVII, na numeração romana) começará no próximo domingo. Use este final de semana para refletir sobre como você pode contribuir para o Brasil retomar o rumo do desenvolvimento sadio e justo, da solidariedade, da valorização dos cidadão competentes. Sua contribuição pode parecer insignificante, mas todos nós juntos, somando nossas insignificâncias, faremos mudanças relevantes!

Juntos edificaremos o Brasil! Óbvio, sem qualquer líder messiânico ou populista.

Temos que reduzir drasticamente o desemprego, a criminalidade, os impostos e a pobreza. O povo brasileiro precisa ser bem educado. 

Não é fácil mudar o atual estado de debilidade. O povo precisa entender que o problema exige uma compreensão conspectiva, estrutural, de um sistema. Para alcançá-la é preciso abandonar as ideologias baratas e chulas, até rudes, como estas divisões entre nós e eles, direita e esquerda, entre religiões etc. Sobre isto, recomendo a leitura do seguinte artigo: 
POlÍTICA E DECEPÇÕES PESSOAIS
http://almirquites.blogspot.com.br/2016/12/politica-e-decepcoes-pessoais.html

Os problemas brasileiros se originam em questões de ordem estrutural, de organização do sistema político. Necessitamos de líderes muito sérios  e competentes, com boa formação cultural. Chega de apoiar qualquer malandro!

Claro que não dá para abordar tudo o que eu gostaria aqui, mas posso, pelo menos, exemplificar. 

Que fazer agora? Na minha opinião há dois pontos importantes:
  • ➠ Precisamos mudar completamente o sistema eleitoral e partidário, porque o povo não tem escolha, já que os candidatos a cargos eletivos são escolhidos pelos caciques dos partidos e estes não só escolhem os mais fiéis a eles, como entram em acordo entre si (o poder continua com eles).
  • ➠ Precisamos exigir a completa transparência de todos os atos públicos (o que é uma prescrição constitucional que não é cumprida) e também exigir que o Ministério Público e a Polícia Federal cumpram com sua função, investigando os políticos, especialmente atentos aos sinais de enriquecimento ilícito.
Estes dois itens são mais importantes do que as ideologias, sempre levianas, bonitas e enganadoras. Também temos que aprender a nos defender da propaganda de governo, que é feita com recursos públicos para nos tapear.

Precisamos saber distinguir o que é mito e o que é real. Lula, por exemplo, foi um mito. Pergunto: era muito difícil saber que um cara, que nem mesmo o curso primário completou, não tinha condições de ser presidente do Brasil? Eu soube disso desde que eu o conheci pessoalmente, quando fui assistir a uma palestra dele na Assembléia Legislativa de Santa Catarina, lá naquele tempo em que a TV Globo ainda o apresentava ao seu público como "O FENÔMENO DO ABC"!

Era óbvio que Lula não seria o governante de fato. O mesmo vale para a presidente Dilma Rousseff, embora esta tivesse um diploma universitário. Hoje se sabe que o país foi governado, por cerca de 13 anos, pelas grandes empreiteiras (em especial a Odebrecht) tendo, no segundo escalão, políticos bem recompensados com propinas ocupando os mais importantes cargos dos três poderes da pobre República. Deu nisso!
Fonte: http://hypescience.com/mapa-mundo-ciencia-producao-cientifica/

O povo precisa saber que o Brasil é um país muito atrasado. Os brasileiros em geral vivem apegados a futilidades e crenças. 

O fanatismo é uma epidemia grave. O povo não tem educação. Nossas universidades, que já foram melhores, estão em precaríssimo estado. 

Veja, na imagem, o mapa do mundo em que o tamanho dos países é dado pela produção científica. O mapa fica estranho, mas ilustra bem a realidade. Onde está o Brasil?!

Este resultado é compatível com o do Global Innovation Report (GRI), um importante documento que divulga o estado da arte da inovação pesquisado entre 141 países do mundo. Este documento é elaborado por três instituições de renome internacional: Johnson Cornell University, Business School for the World (INSEAD) World Intelectual (WIPO). A posição do Brasil é o 70º lugar, atrás de Chile (42º), México (57º), Colômbia (67º) e Uruguay (68º).

Poisintão...


°°° Compartilhe com os botões abaixo °°°


Mais artigos deste "blog" ("weblog")
Clique sobre o título. 


_______________________________________________________________
Aviso sobre comentários:
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.
Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!

Volte sempre!
_______________________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM   
 USE OS BOTÕES ABAIXO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa