quinta-feira, 14 de abril de 2016

O Estado desesperador

Por Almir M. Quites - 12/04/2016


Nem todo eleitor do PT é petista, mas todos os petistas são responsáveis por este Estado desesperador que temos. Um bom recomeço seria reconhecerem sua parcela de culpa, mas não é o que tenho visto. Isto me desanima...

Tudo indica que o atual governo vai cair e deixar um país arrasado.

Para os petistas, o partido é mais importante que o Brasil, também é mais importante que a ética, a verdade etc. Além disso, para eles, os fins justificam os meios. Mentem, como nunca vi em minha longa vida!

Qual o estado de nossas instituições? O assunto é complexo, mas basta um pequeno texto sobre o estado dos três poderes da República, para que se revele o estado calamitoso e vergonhoso do Estado brasileiro.

1) ESTE É O CONGRESSO QUE TEMOS

No Congresso brasileiro, não há ideologias, há preços. Antes do PT, o Brasil tinha nove partidos. Hoje são quase quarenta! Partidos são bancas de negócios, como descobrimos no Escândalo do Mensalão em 2005. O lucro líquido é enorme, graças ao fundo partidário e às receitas oriundas das vendas das votações. 

Além disso, os líderes partidários conquistam acesso ao centro do poder e, na pior das hipóteses, acabam descolando carguinhos públicos no poder executivo para si ou seus correligionários. O Congresso brasileiro não legisla, apenas vende votos para aprovar os projetos de lei encaminhados pelo poder executivo.

2) ESTE É O GOVERNO QUE TEMOS

O governo brasileiro há muito tempo não governa. Aos poucos se transformou em balbúrdia, praça de comícios, gritaria, palavras de ordem, onde todo o tipo de bagunça é estimulada, inclusive invasões de prédios, terras e destruição patrimonial. A economia do Brasil sangra, o povo sofre, mas eles não se importam. 

Bem ali, ao lado do Palácio do Planalto, um cara que se apresenta como proprietário do Brasil vende cargos públicos no Hotel Golden Tulip. O preço é cada vez menor, porque o vendedor oferece uma garantia cada vez mais precária. Um ministério do governo já vale bem menos que um voto.

3) ESTE É O STF QUE TEMOS

Recentemente o STF deu um jeitinho de conceder foro privilegiado disfarçado ao cara vende cargos e que não ocupa qualquer cargo público. 

O foro privilegiado é o privilégio concedido a autoridades políticas de serem julgadas por um tribunal diferente ao de primeira instância, em que é julgada a maioria dos brasileiros que cometem crimes. No Brasil esta farra é constitucionalmente exclusiva das seguintes autoridades: o chefe e os ministros do executivo federal e estaduais; todos os membros do Poder Legislativo e do Tribunal de Contas da União; todos os membros do Poder Judiciário; e, ainda, todos os membros do Ministério Público. 

Assim, ele, o ex-presidente, o mercante do que não lhe pertence, ficou fora do alcance dos juízes de primeira instância. Agora, o Juiz Sérgio Moro à espera.

Outro caso emblemático é o do Presidente do Senado. Em 2007, Renan Calheiros foi acusado de enriquecimento ilícito, falsidade ideológica e uso de documentos falsos no caso da amante sustentada pela empreiteira Mendes Júnior. O escândalo o fez renunciar à presidência do Senado Federal.

Por ter foro privilegiado, Renan foi denunciado ao Supremo Tribunal Federal (STF) e o processo caiu nas mãos de Ricardo Lewandowski, que engavetou o caso por quase dez anos.

Hoje, 12/04/2016, a Procuradoria-Geral da República (PGR) manifestou-se nos autos informando que os crimes prescreveram! Renan Calheiros agora está livre, impune!

Enquanto isso, outro ministro do STF, Marco Aurélio de Mello, e o próprio presidente do STF, Ricardo Lewandowski, vêm intimidando o Congresso brasileiro. Eles "advertem" que, se a Câmara aprovar o impeachment, haverá conflito social e acrescentou que "aí teremos de ver se as nossas forças repressivas, representadas pelas polícias militares, são suficientes para controlar a situação". Ultimamente estes ministros têm mostrado sua posição política e sua incapacidade de se comportar como um Juiz. 

Ufa!

Contudo, finalmente renasceu a esperança! Espero que meus patrícios não a matem! Precisamos aprender a proteger o Estado da ação de fanáticos.

Os brasileiros adoram ídolos. A idolatria, ou veneração a pessoas, é geralmente artificialmente produzida por marqueteiros, a profissão da era da mídia, era da informação. Os brasileiros, por não terem uma boa formação moral e educacional, são presas fáceis dos marqueteiros. Eles adotaram ídolos no esporte, na política, na arte, na economia, na religião etc. e isto os levou a caminhos equivocados. Destruímos valores fundamentais da nossa sociedade. Destruímos também a economia brasileira mas, o mais grave, é que quase destruímos o Estado Brasileiro.

O estado do país ficou tão precário, que alguém que simplesmente cumpra com o seu dever profissional, corre o risco de virar ídolo

Uma nova geração de procuradores da República e de Juízes de primeira instância não aceitou conviver com métodos profissionais obscuros e transviados, desencaminhados. Timidamente, mas determinada, tenazmente, surgiu uma equipe diferenciada, percebida pelo público como audaciosa, perspicaz e, sobretudo, sábia. A mídia que se alimenta de recursos públicos tentou desacreditá-la, mas mesmo estando sob risco à vida não é exagero  continuou simplesmente aplicando a Lei a políticos da pior estirpe, o que há muito não se fazia. Não façamos a maldade de transformá-los em ídolos! Basta que sejam bons exemplos de cidadãos brasileiros. O mais conhecido deles é o Juiz Sérgio Moro

Não idolatre o Juiz Moro, apenas proteja-o como merece ser protegido qualquer cidadão que cumpre com o seu dever. Alguém como ele também surgiu na Argentina, nossa pátria irmã. Chamava-se Natálio Alberto Nissman. Foi assassinado! Vejam aqui: http://almirquites.blogspot.com.br/2016/01/lute-para-salvar-o-brasil.html

O fato é que, desta semente, floresceu a esperança do povo brasileiro. Floresceu também a vontade de saber mais sobre política e sobre as causas do atraso do nosso país, as razões da nossa pobreza. 

Chore, brasileiro, de tristeza e de vergonha, mas logo seque as lágrimas e volte ao trabalho. Ainda temos muito que fazer para recuperar a saúde do nosso Brasil!

Veja mais aqui:

Outro ufa! Ainda bem que o PT vai deixar o poder!

**********     . 🔽 🚧 🔽 .     **********


Leia mais:
Clique no título


__________________________________________
"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

Aviso sobre comentários:

Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
___________________________________________________________
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa