quarta-feira, 3 de setembro de 2014

O FALSO DILEMA: MARINA x DILMA

02/08/2014
Não caia nesta! Esta é a velha tática do voto útil, induzido pela propaganda política, incluindo aí as chamadas "pesquisas de opinião". Sobre as razões para não se crer nas pesquisas de opinião, recomendo este vídeo. As intenções de voto em Marina estão sendo artificialmente elevadas.

Numa suposta eventualidade de um segundo turno com MARINA x DILMA, eu não votaria! Não voto em Marina de jeito nenhum. Prefiro fazer o  protesto do Joãozinho , porque não quero anular meu próprio voto e também não quero votar em branco. Além disso, isso ajudaria a chamar a atenção para a inconstitucionalidade das urnas eletrônicas. Afinal, fraude de vulto em eleição nacional equivale a um GOLPE DE ESTADO!

Eu não creio que Marina tenha preparo para ser presidente do Brasil. Não acredito que exista esta chamada "terceira via", formada por descontentes do PSDB e do PT. O que Marina oferece como "terceira via" é a ambiguidade. Isto não se sustenta.

Acho que a sequência de Lula e Dilma já foi trágica demais! Corrigir o mal que foi causado não é tarefa para qualquer um.

"Santa Marina de Lula" (como chamam a Marina), não tem qualquer programa de governo e não pode mesmo ter. Ela é formada em Pedagogia, jamais administrou coisa alguma que exigisse competência como executiva, seu partido não tem suficientes quadros competentes. Honestamente, se você fosse um grande empresário, contrataria Marina para presidir uma de suas empresas? Eu não. Então, como poderia votar nela para presidir o Brasil?

A tal ameaça do PT, apontada no
 artigo de Guilherme Fiuza, faz sentido, porque Marina nunca deixou de ser intimamente MSTista, petista e lulista (daí o apelido de "Santa Marina de Lula"). Ela nunca renegou ou, ao menos, criticou Lula, nem seu governo corrupto, com o qual conviveu, confortavelmente, por quase oito anos. Só saiu quando o "ingrato" Lula ungiu Dilma ao invés de Marina. Quando o Fiuza diz que Marina é o honesta, ele certamente está pensando que ela jamais roubou bens materiais. Mas a honestidade tem muitas outras facetas e não se restringe apenas a furto, roubo e desfalque.

Então pergunto: quem conviveu docilmente com a corrupção do governo Lula, por quase oito anos, sem qualquer gesto de desconforto, é honesto? 


Quem cala consente, não é mesmo? 

O que Marina teria que fazer agora é, primeiro, limitar-se a provar, de modo insofismável, que ela rompeu mesmo definitivamente com o PT. Este é seu dever agora.

Acredito que, se Marina viesse a ser Presidente do Brasil, a submissão ao Foro de São Paulo iria continuar. Também continuariam o amor a Fidel Castro e ao legado de Hugo Chávez. Continuariam também todas as alianças do PT com ditaduras e toda a baixaria que tomou conta do nosso país. Precisamos romper com este ciclo perverso de desilusão sempre seguido de apego a nova e infundada esperança.

Prefiro o protesto do Joãozinho!

E se isto ajudar DILMA a se reeleger?

Primeiro, acho que Dilma vai mesmo se reeleger. Nosso processo eleitoral é fraudulento. Segundo, o protesto do Joãozinho, contribuísse para que
DILMA se reelegesse, então teria contribuído para que o governo que se julga dono do Brasil continue e assim causado muito sofrimento. De qualquer forma, a catástrofe econômica que se avoluma será da responsabilidade exclusiva de Dilma. O Brasil talvez afunde numa ditadura comunista. Talvez tenhamos um golpe militar. Talvez haja guerra civil. Talvez...

Mas há uma luz no fim do túnel porque, se a Dilma ganhar, aí sim, talvez o protesto popular aumente, então de modo mais autêntico. Talvez os Joõezinhos se multipliquem. Talvez surja uma chance do Brasil finalmente aprender que política não é carnaval. Talvez o Brasil aprenda com o erro, portanto, da forma mais burra e dolorida possível. Que fazer? A esperança é que, então, sejam nucleadas as condições para a revisão de todo este sistema político, inclusive de um novo pacto federativo.

O que não dá é para ficarmos dando voltas atolados no mesmo lugar. O mais importante, neste momento, é esclarecer os fatos horríveis que atolam o Brasil.

Sem pôr a nossa democracia em pratos limpos, Governo e Congresso continuarão sendo um simples “balcão de negócios”, em que cargos e favores são utilizados como moeda de troca por apoio político;
 os bandidos sempre estarão no poder, sempre com as mesmas promessas, sempre culpando as "forças ocultas" e o "capitalismo selvagem"; o povo continuará reelegendo os mesmo políticos profissionais ou seus filhos, ainda que não os queira mais. 

NÃO ACREDITO EM ELEIÇÕES ENQUANTO PERDURAR ESTE SISTEMA ELEITORAL INAUDITÁVEL.


Almir

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
Para fazer uma análise correta do desempenho do Governo Dilma Roussef, veja os dados do quadriênio aqui:
O que você acha, os eleitores do Brasil têm condições de fazer uma análise realista de um governo?
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

____________________________________________________________________________
""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
Aviso sobre comentários:
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
___________________________________________________________
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa