segunda-feira, 7 de novembro de 2016

A invasão da Escola é crime

Por Almir Quites - 18/11/2016

SOCORRO! 🚨 SALVEM O BRASIL! 🚨 SOCORRO!

A única saída CONSTITUCIONAL para o Brasil é acabar com o FORO PRIVILEGIADO. Quando os próprios legisladores estão envolvidos em corrupção, é fundamental preservar a independência e os poderes constitucionais do Ministério Público e da Polícia Federal. Todos devem ser investigados, de modo transparente,  inclusive os políticos e os membros do judiciário,  até  mesmo os ministros do STF. 

O governador do Rio, Pezão, só não foi preso até agora porque possui FORO PRIVILEGIADO! 

Querem que acreditemos que o instituto do Foro Privilegiado serve para proteger o a função pública, não o político, mas é justamente ao contrário. Manter no cargo um potencial criminoso, fora do alcance da POLÍCIA e da JUSTIÇA, é um grave risco à função pública. 

Está em curso uma guerra entre os cidadãos brasileiros e a máfia composta pelos criminosos, que se apossaram do Brasil.

Atente ao caso do presidente do Senado. Depois de mais de 1400 dias parada no STF, a denúncia contra Renan (por crimes relacionados à empreiteira Mendes Júnior) continua fora da pauta do STF. Na prática o STF o protege! Enquanto isso, ele comanda o Senado e submete o país a seus próprios interesses. Enquanto a Câmara articula uma ampla anistia aos politicos, Renan, no Senado, marca a votação de lei de abuso de autoridade. 

Deputados e senadores se articulam para incluir na legislação a punição por crime de responsabilidade para magistrados e todos os membros do Ministério Público no projeto de Lei do Abuso de Autoridade que tramita no Senado ao mesmo tempo em que tratam de enfraquecer as Medidas Anti-corrupção. Assim, os próprios políticos, que são acusados de crimes, iriam julgar os juízes! Um absurdo!

Recentemente ficou decidido no STF que, no exercício de suas funções, agentes da Polícia do Senado não podem ser presos por ordem de um juiz da primeira instância. Na prática, também passaram a desfrutar do foro privilegiado. Foi isso que decidiu, na contra mão da decência, o ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF). Quem emperra o Brasil?

O artigo indicado a seguir mostra com mais detalhes o grave erro da Constituição de 1988 quanto ao instituto do Foro Privilegiado. Há muito que se tem consciência disto. É urgentíssimo acabar com o instituto do Foro Privilegiado. Este é o "calcanhar de Aquiles" da máfia que se apoderou do país. Acabem com ele e tudo será esclarecido e resolvido pelas vias constitucionais. Leia aqui:
FORO PRIVILEGIADO E IRRESPONSABILIDADE
http://almirquites.blogspot.com.br/2016/10/foro-privilegiado-e-irresponsabilidade.html

SAQUEARAM O BRASIL! Na expressão do ministro Gilmar Mendes, o Brasil foi transformado num "sindicato de ladrões". Nós é que somos roubados; nós é que teremos que pagar a conta! Veja aqui:
http://almirquites.blogspot.com.br/2015/10/saquearam-o-brasil.html
[Lula lá,  no xadrez, junto com seus comparsas]

💔 💚💛💚 SALVEM O BRASIL 💛💚💛 💔

Se você não souber o que fazer para ajudar o seu país, lembre-se, ao menos, de repassar esta mensagem pelas redes sociais, repetindo o gesto desesperado dos náufragos quando jogavam no mar uma garrafa com uma mensagem. Cada garrafa era uma esperança.


🌎 ✼ ✻ ✺✹✸ ✷ ✶ 💡《 divulgue 》💡 ✶ ✷ ✸✹✺ ✻ ✼🌎 .


Mais artigos deste "blog" ("weblog")
Clique sobre o título.

_______________________________________________________________
Aviso sobre comentários:

Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.


Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!

Volte sempre!
_______________________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM   
 USE OS BOTÕES ABAIXO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa