quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Brasil, campeão na comilança de agrotóxicos.

Por Almir Quites - 06/10/2015


O Brasil é a nação que mais consome agrotóxicos no mundo. 

De acordo com o Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Defesa Vegetal (Sindiveg), as vendas de pesticidas no país atingiram a marca de US$ 9,6 bilhões em 2015.
Estes produtos foram desenvolvidos durante a Primeira Guerra Mundial e foram extremamente utilizados na Segunda Guerra Mundial, como arma química. No final da guerra, eles passaram a ser usados como defensivo agrícola.

Ouça a rádio do Vaticano:

== ==

O Brasil é campeão mundial no uso de agrotóxicos. Cada brasileiro consome, em média, 5,2 litros de agrotóxicos por ano. Além de permitir o uso de pesticidas proibidos em outros países, o Brasil ainda exonera os impostos dessas substâncias.
O Greenpeace Brasil encomendou uma pesquisa de opinião pública ao Instituto Brasileiro de Opinião e Estatística (IBOPE) sobre a percepção do cidadão em relação aos agrotóxicos. Os resultados foram óbvios, nada mais que os esperados. Mostram que 82% da população brasileira considera “muito importante” que um político apresente propostas para a introdução de alimentos sem agrotóxicos da merenda escolar da rede pública. Quase 60% dos entrevistados afirmam que todo o político que der prioridade à introdução de alimentos sem agrotóxicos nas escolas terá imagem pública mais positiva.

Então, porque o brasileiro é tão passivo, não reage? Por que não mostra isso enfaticamente pelas redes sociais? 


Pelo menos, a pesquisa aponta que o cidadão brasileiro está ciente da situação: 81% dos entrevistados consideram que a quantidade de agrotóxicos aplicados nas lavouras é “alta” ou “muito alta”.

Veja o vídeo de Paola Carosella, que gravou uma mensagem aos cadidatos às eleições municipais e, principalmente, aos eleitores. Confira aqui:

====


Só discordo num ponto! 

Quem escolhe o Poder Público NÃO somos nós! Isto é uma ilusão!

Os candidatos são escolhidos, pelo critério de fidelidade, pelos caciques profissionais das máfias que chamamos de partido político. Estes, fiéis comandados, são apresentados aos eleitores, pela TV, em teatrinhos bem montados de bom-mocismo. 

75% dos eleitores brasileiros são analfabetos funcionais ou totalmente analfabetos. São dóceis e crédulos. Assim, os políticos profissionais se perpetuam no poder.

Além disso, os softwares secretos do TSE, que comandam as urnas eletrônicas, dão o diferencial delta aos candidatos preferidos pelos donos do poder, sugando de outros, é claro. Se isto ainda se mostrar insuficiente, os computadores do TSE, que fazem a totalização secreta dos dos boletins de urna, ainda têm a possibilidade de fazer uma última e decisiva malandragem.


Esta é a democracia que temos! Só recentemente os mais evoluídos eleitores estão se dando conta da enorme quantidade de negociatas que há por trás dos panos, no submundo da política. 


Não podemos fugir da luta, temos que enfrentar tudo isto, como já fazem alguns, para limpar do nosso país de todo o tipo de corrupção. 

Exija ética e transparência em tudo, inclusive dos seus amigos e parentes!


-----------------------💚 Compartilhe 💛------------------------



Vejam também:
= Clique sobre o título =

_______________________________________________________________
Aviso sobre comentários:

Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.


Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente.
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
_______________________________________________________________
 COMPARTILHE ESTA POSTAGEM   
 USE OS BOTÕES ABAIXO 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa