domingo, 3 de janeiro de 2016

Teori, the Slicer

por José J. de Espíndola, Ph.D, Dr. H.C., em 03/01/2015. 
O autor é Professor Titular da UFSC, Departamento de Engenharia Mecânica, aposentado.

I have nothing to offer you but blood, toil, tears and sweat”, disse Winston Churchill, quando pela primeira vez se reuniu seu Gabinete de Guerra, em 13 de maio de 1940.
Eu também nada posso lhes oferecer aqui além de vigília, esclarecimentos, angustia, decepção e tristeza pelo que se passa neste país.


De um lado um Juiz maior, Sérgio Moro, que está em seu posto só por méritos próprios, sem nenhum favor político de governo, cumprindo o seu dever de magistrado, lutando a nobre luta para punir corruptos e erradicar a corrupção e, neste sentido, levantando a esperança da sociedade. E isto sem produzir um único arranhão à Lei e a Constituição, exatamente como a cidadania deste país deseja.

De outro lado, um ministro do Supremo — que lá está por escolha política de Dilma — usando de uma lógica sem lógica (mas que agrada bandidos pegos na Lava Jato) e prejudicando a Justiça. (Alguém já viu ou ouviu algum bandido reclamar de Zavaski? De Sérgio Moro ouve-se todos os dias). 

Clique na URL abaixo, ou simplesmente leia a matéria de O Globo, reproduzida abaixo, que dá conta do nascimento não de Jack, the Ripper, mas de Teori, o Fatiador. Fatiador da Lava Jato, obviamente, para, estribado em rabulices, que estão longe de argumentos jurídicos sérios, a se levar em conta por pessoa séria, salvar a pele de políticos corruptos, colocando-os fora do alcance do juiz Sérgio Moro.

Churchill ofereceu sangue, trabalho duro, lágrimas e suor contra o inimigo do seu povo e da democracia.

Ofereçamos, também nós, nosso trabalho duro, nossas lágrimas, nosso suor e até mesmo nossa liberdade, se for o caso, na defesa da liberdade dos justos (que implica na prisão dos corruptos) e das ações saneadoras deste exemplar magistrado: Sérgio Moro.

Veja agora a matéria de O GLOBO (em letras azuis). Depois apresento mais alguns comentários.


Supremo suspende (em 30/10/2015) investigação da Lava Jato sobre Eletronuclear

Processos serão remetidos ao STF por causa da citação do senador Edison Lobão (PMDB-MA) em depoimentos de delação premiada

É este o homem. Competindo com Dias Toffoli e Ricardo Lewandowski, esta figura de olhar sinistro, Teori Zavaski, se esforça para prestar relevantes serviços à bancada do PT no STF. Ao escolhê-lo, Dilma (quer dizer, Lula) sabia o que fazia.

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), suspendeu hoje (02/10) as investigações da Operação Lava Jato sobre supostos desvios de dinheiro na construção da Usina Nuclear Angra 3.

O ministro decidiu que todos os processos relacionados à 16ª fase da operação, na qual as suspeitas são investigadas, devem ser remetidos ao STF por causa da citação do senador Edison Lobão* (PMDB-MA) em depoimentos de delação premiada. Os processos eram, até então, comandados pelo juiz federal Sergio Moro.

A decisão vale até que o ministro analise todo o conteúdo dos processos. Zavascki atendeu pedido de Flávio Barra, executivo da construtora Andrade Gutierrez, preso na Lava Jato.

Segundo os advogados, as investigações não podem seguir com Moro, por haver menção a Lobão **, que tem foro privilegiado e só pode ser processado pelo STF, e porque os supostos desvios na usina não estão relacionados com a Petrobras.

De acordo com o Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal (PF), o ex- presidente da Eletronuclear, Othon Luiz Pinheiro da Silva, recebeu cerca de R$ 4,5 milhões para favorecer o consórcio de empresas, entre elas Andrade Gutierrez.***

No mês passado, Sergio Moro abriu ação penal contra Othon Luiz e mais 13 investigados na 16ª fase da Operação Lava Jato. Na decisão, Moro destacou que, no caso da Eletronuclear, é obvia a conexão dos crimes com as empreiteiras que atuaram na Petrobras.****

A partir do depoimento de delação premiada de Dalton Avancini, executivo da Camargo Correa e réu na Lava Jato, a força-tarefa de investigadores descobriu que os crimes ocorriam a partir do pagamento de propina de executivos da Andrade Gutierrez ao ex-presidente da estatal.

Em depoimento prestado à Polícia Federal antes de ser denunciado, Othon informou que nunca exigiu ou recebeu vantagem financeira, e que não recebeu orientação do governo federal ou de partidos para cobrar doações financeiras de empreiteira.


Agora os comentários finais.

* Édison Lobão, ministro para quaisquer coisas de Dilma.

** Lobão, segundo Zavaski, é bem mais importante do que o Juiz Sérgio Moro. Tão mais importante que o nome Sérgio Moro não é suficiente para reter o caso na Lava Jato, uma vez citado o nome de Lobão.

Este é, mesmo, o país da piada pronta.

*** Othon Luiz Pinheiro da Silva, recebeu R$ 4,5 milhões de propina da Andrade Gutierrez, cujo presidente e outros executivos estão residindo no hotel da PF em Curitiba, complicados que estão com a Lava Jato. Só falta agora que o brilhante raciocínio de Zavaski o faça retirar a Andrade Guitierrez do Sérgio Moro, já que o nome de seu presidente consta agora no processo que ele mesmo enviou para o Rio. Acham isto ilógico? Mas existe lógica nesta argumentação “jurídica” de Zavascki? Argumentações como esta, decisões como esta é que, entre outras coisas, fazem deste o país da piada pronta.

**** “Moro destacou que, no caso da Eletronuclear, é óbvia a conexão dos crimes com as empreiteiras que atuaram na Petrobras.”

A conexão é óbvia para Sérgio Moro.

É óbvia para o Wall Street Journal.

É óbvia para a imprensa nacional não comprometida com o lulopetismo.

É óbvia para o Ministro Gilmar Mendes (ele já declarou isto) e outros.

É óbvia para os 92,9% dos brasileiros que, hoje, rejeitam o governo petista e sua corrupção institucional.

Mas não é óbvia para Teori Zavaski.

O olhar sinistro deste ministro não o deixa enxergar tal obviedade. Certamente também não será óbvia para Dias Toffoli e para Ricardo Lewandwski.

Nunca antes na história "dessepais" uma corte de justiça esteve tão na contramão dos anseios da sociedade brasileira.

Vejam também:
Teori Zavascki quer fazer picadinho da Lava Jato?

===========

== DENÚNCIA ==
video




__________________________________________________
"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
Aviso sobre comentários:
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
___________________________________________________________
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa