terça-feira, 4 de agosto de 2015

O vergonhoso "TOMA LÁ, DA CÁ"

Em 03/0802015

Visando obter perdão administrativo para continuar firmando contratos com o poder público, empresas que negociam acordos de leniência com a Controladoria-Geral da União (CGU) ofereceram preciosas informações sobre o esquema de desvio de verbas em obras fora do País envolvendo empreiteiras investigadas pela Operação Lava-Jato. Executivos da UTC e da Engevix, integrariam o braço internacional do Petrolão: um empreendimento da Queiroz Galvão em parceria com a Eletrobrás na Nicarágua - a hidrelétrica de Tumarín - e o projeto da usina de Inambari, no Peru, de responsabilidade da OAS. 


Seguindo modo de operação já identificado pela Lava-Jato, as duas obras teriam sido negociadas com superfaturamento de preços a fim de garantir margem suficiente para o pagamento de propina a políticos.

É o tal TOMA LÁ, DA CÁ, do qual os brasileiros deveriam ter vergonha! Assim, o país afunda e os brasileiros ainda terão que pagar a conta.

O setor jurídico da Eletrobrás está preocupado com o avanço das investigações no ramo de energia. Como a estatal está presa às empreiteiras investigadas pela Lava Jato por cláusulas contratuais, os advogados buscam enquadrar o comportamento das empresas como quebra de ética empresarial. Assim poderiam revisar consórcios já formados em outros países.

O depoimento de delação premiada do dono da UTC, Ricardo Pessoa, colocou o diretor da Eletrobrás, Valter Cardeal, no centro das investigações. Pessoa afirmou que ele cobrava doações de campanha em troca de acertos contratuais.

A população brasileira tem se inteirado destes fatos, facilitada pelas redes sociais, especialmente pelo Facebook. Lula e seus comparsas já não conseguem esconder as safadezas. As cooperações premiadas feitas por bandidos da Lava-Jato, todos ex-amigos de Lula, são amplamente divulgadas. A própria grande imprensa já não pode se omitir, sob pena de perder credibilidade. Começa a haver uma higienização da vida pública brasileira. Lula, logo será alcançado pela Justiça! Provavelmente trairá os companheiros de banditismo e pedirá, também ele, os benefícios da delação premiada. José Dirceu já voltou para a cadeia hoje. Irá para uma cela, em Curitiba, à disposição da Justiça.

Enquanto isso, lembro daquele motorista que, ao volante, comentava com seus passageiros: “Não sei para onde estamos indo mas, quando chegarmos lá, é só dobrar à esquerda”. Observem o quadro abaixo, publicado no “Blog do Planalto’, recentemente criado para divulgar a ‘agenda positiva’ (mais uma falsidade) da “presidenta Dilma”.



Assassinato duplo: da lógica e da gramática portuguesa!

Como entender que pessoas de tão pouca inteligência, incompetentes, sem idoneidade foram colocadas na PRESIDÊNCIA do nosso país?! Quem foram os culpados?

Vejam agora o texto de José João de Espíndola sobre a foto abaixo. A foto, do texto que segue, mostra algumas cabeças da Hidra de Lerna.


Depois , volto com um comentário final.
___________________________


Os que jamais estiveram juntos
Prof. José J. de Espíndola, PhD

Observem, senhores, na foto abaixo, alguns personagens notórios por envolvimentos na crônica policial brasileira. Alguns já estão encarcerados pela Operação Lava Jato.

Da esquerda para a direita: Jacques Wagner (Ministro da Defesa, marido da senadora Gleisi Hoffmann, investigada pela Lava Jato), Graça Foster, Marcelo Odebrecht (Presidente da empreiteira de mesmo nome e já preso em Curitiba) e o terror de Dilma e Lula, Ricardo Pessoa, operador das propinas da Petrobras, preso na Lava-Jato e Colaborador Premiado da mesma. Ah, sim, na extrema-esquerda (não podia ser diferente, em se tratando de uma terrorista) está Dilma Rousseff. Ia me esquecendo de citá-la porque, em suas próprias palavras, ela “jamais esteve com Ricardo Pessoa”, esta pessoa (passe o trocadilho) que agora a ameaça com sua Colaboração Premiada, que a mídia distorce chamando-a Delação Premiada.

O que fazem Graça Foster, Ricardo Pessoa e Dilma (que nunca esteve com Pessoa, segundo ela mesma, é bom insistir) segurando martelos?

Estão lançando a pedra fundamental do Estaleiro Paraguaçu, empreendimento da Odebrecht (cujo presidente está preso na Lava-Jato), da OAS (cujo presidente também está preso na Lava-Jato) e da UTC, cujo dono e presidente Ricardo Pessoa (com quem Dilma jamais esteve, lembremo-nos), já anteriormente preso pela Lava-Jato, hoje solto em Condicional e acusador, entre outros, de Dilma e Lula.




Lançamento da pedra fundamental do Estaleiro Paraguaçu, em 2013. Sem receber da empresa Sete Brasil, o estaleiro já demitiu 7.200 trabalhadores. O empreendimento é da OAS, Odebrecht e UTC. Dilma Rousseff, que jamais esteve com Ricardo Pessoa, insistimos em lembrar, ocupa a extrema esquerda da foto.
_________________________________


Retomo, com um último comentário.

Mais uma vez, a Presidente Dilma mentiu!
Foram mentiras mil, no governo, na campanha eleitoral e na posse para seu novo mandato. Sobre isso escrevi em: 

  1. MENTIRAS E INJUSTIÇAS ELEITOREIRAS [http://almirquites.blogspot.com.br/2014/10/mentiras-e-injusticas-eleitoreiras.html]
  2. ROUBARAM NOSSO FELIZ E PRÓSPERO ANO NOVO [http://almirquites.blogspot.com.br/2014/12/roubaram-nosso-feliz-e-prospero-ano-novo.html]


Um presidente não deve mentir!

No caso Watergate, você lembra o que levou o Presidente Richard Nixon à renuncia? 

O processo de impeachment era iminente! O presidente dos Estados Unidos não havia roubado; não tinha se omitido, deixando que roubassem; não havia recebido apoio financeiro para sua eleição através do suborno de grandes contratantes com o governo; não tinha aparelhado o estado americano; etc... 

O que levou, então, o Congresso Americano rumo ao impeachment de Nixon? 

 Um simples fato: Nixon mentira à nação dizendo que não sabia da invasão ao edifício Watergate por membros do seu governo, às vésperas da convenção dos Democratas. O crime de invasão foi considerado menor do que o da mentira presidencial. Isso era imperdoável.

Não se admite que um presidente minta à nação! A figura do presidente americano é revestida de tal dignidade que uma mentira, mesmo que pareça secundária, irrelevante, é motivo para afastamento da chefia do governo.

A falta de seriedade no Brasil parece ser um mal que vem de longe. Lembro que, em 1979, o General De Gaulle, presidente da França, teria dito que "O Brasil não é um país sério" (em francês: "le Brésil n'est pas un pays sérieux ").

Escrevi "teria dito" porque há historiadores que afirmam que quem disse isso foi o próprio embaixador do Brasil, em Paris, Carlos Alves de Souza Filho, que fora convocado pelo General De Gaulle para tratar da pesca da lagosta nas águas territoriais brasileiras. O embaixador se convenceu da correção dos argumentos franceses. Os argumentos brasileiros pareceram-lhe ridículos. Ele disse, então, a frase ao jornalista Luís Edgar Andrade, correspondente do Jornal do Brasil. O Brasil tratou uma simples questão diplomática como se fosse uma guerra iminente. A "guerra da lagosta", diziam. A pantomima no Brasil foi enorme. O povo se envolveu na questão. O próprio embaixador confirmou isso, em 1979, em suas Memórias [ Carlos Alves de Souza FilhoUm embaixador em tempos de crise, Rio de Janeiro, Livraria Francisco Alves Editora,‎ ] e fez referência aos desenhos animados e sambas de carnaval que, no Brasil, fruíam do conflito com a França: "A lagosta é Nossa", cantada por Moreira da Silva. A frase, "O Brasil não é um país sério", erroneamente atribuída ao General De Gaulle pela imprensa brasileira, teve um grande eco tanto no Brasil como na França, suscitando a indignação francesa. 

Esta tendencia à falta de seriedade acentuou-se muito nas últimas décadas, talvez impulsionada pelo marketing político e pelas redes sociais. Há cerca de um ano, escrevi um artigo sobre isso:
POLÍTICA NO BRASIL É PANTOMIMA RUDE
http://almirquites.blogspot.com.br/2014/09/politica-no-brasil-e-pantomima-rude-as.html
 
Almir Quites


Vejam também:
Clique sobre o título.
  1. JOSÉ DIRCEU VOLTOU AO NOTICIÁRIO: CINISMO, CORRUPÇÂO E PLÁSTICA
  2. DE BUNDA-MOLE À CONSPIRAÇÃO
  3. A ADOÇÃO DO VOTO IMPRESSO É SOLUÇÃO?
  4. VERÃO QUE UM LEVY SOLITÁRIO NÃO FAZ VERÃO!
  5. A ESTULTA ARTE DE DILMA
  6. CONSPIRAÇÃO CONTRA O BRASIL
  7. FANATISMO E POLÍTICA
  8. O PAÍS DAS MULAS-MANCAS
  9. PSEUDOCIÊNCIAS, SUPERSTIÇÕES E IDEOLOGIAS SÃO PERNICIOSAS
  10. USO DA ESCOLA PARA DOUTRINAÇÃO POLÍTICA
  11. DOUTRINAÇÃO NAS ESCOLAS E UNIVERSIDADES
  12. DEBATE DE UM IDOSO COM UM JOVEM
  13. OS JOVENS E SEUS ATAQUES A MOINHOS DE VENTO

"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

Aviso sobre comentários:

Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.

Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 

Obrigado pela sua participação!

Volte sempre!
______________________________________________

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa