terça-feira, 7 de abril de 2015

O ALERTA DE BRIZOLA AOS MOUCOS OUVIDOS BRASILEIROS

05/04/2015
Ironia do destino.

Leonel de Moura Brizola foi um polêmico político, uma espécie de caudilho (líder político carismático no comando de uma força autoritária). Brizola marcou a história da política brasileira por cerca de 50 anos. Nasceu em 22 de janeiro de 1922, em Carazinho, no Rio Grande do Sul, e faleceu, no Rio de Janeiro, em 2004. Era genro de  João Goulart e foi lançado na vida pública por Getúlio Vargas. Foi prefeito de Porto Alegre, deputado estadual e governador do Rio Grande do Sul, deputado federal pelo Rio Grande do Sul e pelo extinto estado da Guanabara, e duas vezes governador do Rio de Janeiro. Foi um dos líderes da resistência contra o Golpe de 1964. Exerceu também a presidência de honra da Internacional Socialista.


Brizola foi a primeira vítima da apuração e totalização eletrônicas em eleições brasileiras. Foi também o primeiro a reagir e a denunciar a fraude, que na época ficou conhecida como Escândalo da Proconsult.

No dia 18 de novembro de 1982, inconformado com a demora na divulgação dos resultados da eleição, em que era tido por todos como candidato vitorioso ao governo do Rio de Janeiro, Leonel Brizola procurou a imprensa internacional para denunciar a tentativa de fraude na apuração. Depois, o candidato do PDT foi à sede da Rede Globo de Televisão, no Jardim Botânico, no Rio, e exigiu espaço para falar. Ele entendia que a emissora era o braço direito da conspiração, pelo modo faccioso como teria se comportado, ao desconhecer os resultados favoráveis a Brizola, que eram corretamente projetados pelo Jornal do Brasil e a Rádio Jornal do Brasil.

O esquema de fraude foi comprovado e Brizola foi empossado como governador de Estado após a anulação do resultado oficial das eleições. Veja aqui os detalhes desta caso aqui: A PRIMEIRA ELEIÇÃO ELETRÔNICA DO BRASIL


Há cerca de 12 anos, Brizola concedeu a seguinte entrevista:
====

Como se vê, num tempo em que todos ainda estavam deslumbrados com a urna eletrônica brasileira, Brizola, que fora vítima de fraude eleitoral, já alertava o Brasil. No entanto,  mesmo com as evidências, que levaram à anulação do resultado oficial das eleições, as urnas eletrônicas continuaram a ser usadas e a fraude foi até mesmo aperfeiçoada. O povo brasileiro, sempre omisso, permitiu que isto continuasse até hoje, porque só se preocupa com as futilidades do dia-a-dia. Pobre povo, pobre, roubado e iludido!

É triste, mas o Brasil não passa disso, de uma "republiqueta de bananas", com grande população e grande extensão territorial, abarrotada de vigaristas e repleta de analfabetos funcionais, vítimas fáceis da propaganda política. O povo já se acostumou com investigações e CPIs de corrupção a toda hora na mídia, jornais, blogs e TVs. O brasileiro pensa que ver falcatruas, desvios de dinheiro do Tesouro Nacional, golpes nas estatais, ver empréstimos ilegais do BNDES para ditaduras comunistas, é o normal da vida no planeta Terra.

É preciso combater o populismo com a mesma garra com que se combatem as ditaduras.

Brizola, a primeira vítima da fraude eleitoral eletrônica, era um líder populista, tal como são os lideres que há muito tempo comandam o Brasil, assim como toda a América Latina. Governos populistas rapidamente desmantelam as instituições do país e seus líderes se aproveitam do desespero do povo para oferecer uma solução rápida para os seus problemas e, em vez de incentivar a reconciliação, reavivam a luta de classes. Tais líderes se arvoram de salvadores da pátria em troca de votos e apoio das pessoas, que, desesperadas, devido à sua situação, os aceitam como salvadores.  

O populismo, segundo Florentino Portero, Professor de História Contemporânea na UNED e colaborador da ABC, é o "atalho pelo qual joga-se com as paixões, esperanças e ideais do povo para prometer o que é impossível, aproveitando a miséria do povo, deixando de fora toda a razão e a lógica no processo de tomada de decisão; brinca-se com a necessidade das pessoas para simplesmente impor uma ditadura, o cancelamento da dignidade, porque é isto o adiamento da pobreza, da ignorância e da manutenção povos sujeitos sob a ilusão de que só os bens materiais são os que importam no momento da eleição."

Na mesma medida em que aumenta o poder dos populistas, aumentam também as atrocidades e a corrupção que chega a fraude eleitoral e até mesmo à supressão das eleições. O populismo é a semente das ditaduras.

Nos governos populistas não há debate de idéias nos parlamentos, porque a razão e a lógica perdem a importância que deveriam ter, e não há respeito pelo argumento sério, aquele que abomina as falácias. Os líderes populistas anulam qualquer razão e toda a lógica de seus argumentos. Dedicam-se apenas a acender paixões. Assim, cancelam a dignidade das pessoas, fazem com que estas se sintam incapazes ou indignas de governar a sua própria vida e, por isso, aceitam um líder carismático para lidar com absolutamente tudo. 

O discurso que o populismo utiliza é "você está mal porque alguém está bem", mas todos deveriam saber que, trabalhando seriamente, todos cooperando entre si, todos podem estar bem. Em outras palavras, o fato de uma pessoa acumular riqueza não impede que outros também a acumulem. Para isso é necessário apenas assegurar o pleno funcionamento das instituições, da segurança jurídica, do Estado de Direito e, especialmente, resgatar em nossos parlamentos a discussão de idéias com argumentos, razão e lógica, abolindo os apelos à paixões cegas que despertam o populismo. 

Populismo, vade retro!

POVO ILUDIDO É POVO VENCIDO
"Não adianta explicar, quando o outro está decidido a não entender".

DEFINIÇÃO DA ESTUPIDEZ:
"Conhecer a Verdade, Ouvir a verdade, Ver a verdade e continuar acreditando na Mentira".


_________________________________

~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Vejam também:
4) Urna eletrônica tem falhas que permitem ataques e manipulações, afirmam especialistas 

6) Urnas eletrônicas: malícia ou incompetência?

7) A urna eletrônica e o sinistro botão "confirma"

8) Exige-se fé na urna eletrônica brasileira

9) Mais grave que as eleições é a urna eletrônica brasileira

10) Urna eletrônica ou urna de lona? Qual a melhor?

11) Vídeos do 1° Fórum Nacional de Segurança de Urnas Eletrônicas


====

    __________________________________________________
    """"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
    Aviso sobre comentários:
    Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

    Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
    Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
    Obrigado pela sua participação!
    Volte sempre!
    ___________________________________________________________
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Busca pelo mês

    Almir Quites

    Seguir por e-mail

    Wikipedia

    Resultados da pesquisa