terça-feira, 23 de dezembro de 2014

A IRRESPONSABILIDADE DOS TOLOS E DA OPOSIÇÃO

MITOS 

Lula, PT, Bolivarianismo


Historiador desconstrói o 'Mito Lula' e ataca: 'É um farsante, não tem princípios'

====

Conhecemos bem tanto o PT quanto a anêmica oposição.

Muitos de nós, talvez os mais velhos, conhecemos bem o PT e não nos iludimos com ele. Sabemos que a grande maioria deste partido, nunca pensou realmente em prestar serviços públicos, mas só em conquistar o poder, usufruir ou beneficiar-se do governo e para isso faria qualquer coisa, deste mentir e difamar até ameaçar, e muito mais! Como até já confessaram publicamente, fariam o diabo para vencer eleições

Mas há os outros foram os tolos, incluindo aí iludidos e fanáticos. Estes acreditaram nos mentirosos e nas mentiras. Acreditaram nas urnas eletrônicas. 

Então, quem vai nos salvar agora? Estão nos destruindo como já destruíram a Venezuela?

A. Quites


PEDIDO DE SOCORRO

Transcrito de Giulio Sanmartini

Olhem aí, desavisados. O que verão no vídeo do link não é uma pessoa da direita falando. É uma jovem, como muitos de vocês que reelegeram esse estrupício sempre vestida de vermelho. É o que vai ocorrer logo logo com nosso país. É o plano deles. A escolha foi de vocês. Nós também vamos pagar o pato, mas ainda digo uma “palavrinha de consolo” para vocês…

====


João Cesar de Melo é arquiteto, artista plástico e escritor. Escreveu o livro Natureza Capital. Também colunista do Instituto Liberal. Os leitores irão se surpreender com a clareza de idéia do redator.


OS CULPADOS E AS CERTEZAS


Como um delinquente bêbado, pouco mais da metade da população decidiu continuar acelerando inconsequentemente na mesma curva que seus vizinhos capotaram. Capotará também, porém, levando consigo a outra metade da população que o acompanha sentada à sua direita, no banco do carona. Devemos ter pena dessa outra metade? Devemos vê-la como inocente? Não. Apesar de sua lucidez e honestidade, ela sempre foi passiva, tanto, que virou cúmplice de sua própria tragédia. Foi covarde. Teve medo de impor limites àqueles que pediram e depois assumiram o volante.

Os culpados pela reeleição de Dilma:
 Fernando Henrique Cardoso por sua tolerância com as sabotagens, ofensas e calúnias que sofreu durante seu governo, o que soou aos ouvidos do PT como uma permissão para continuar com aquela estratégia de se chegar ao poder. Qual foi sua atitude diante dos falsos dossiês sobre sua vida? Nenhuma. Qual foi sua atitude com aqueles que invadiram, depredaram e saquearam (com apoio de Lula) a fazenda de sua família? Nenhuma. Fernando Henrique Cardoso não foi homem nem para defender sua esposa (que dedicou sua vida a projetos sociais) das calúnias que sofreu.
 Nas três eleições seguintes, José Serra e Geraldo Alckmin concorreram à presidência sem bater no PT afundado em casos de corrupção e permitindo que Lula e Dilma pejorassem as privatizações de FHC. Nesses 12 anos de governo petista, o PSDB não apenas fez uma oposição frouxa, mas assistiu passivo o PT promovendo uma massiva campanha de desconstrução do governo de Fernando Henrique Cardoso.

O TEXTO CONTINUA!
CLIQUE AQUI PARA LER O TEXTO COMPLETO (no blog de Giulio Sanmartini)
_________________________________________________________________________________

OBAMA E RAÚL ESQUECERAM O PRINCIPAL

21/12/2014 

Coluna de domingo do Percival Puggina. Artigo publicado em 18.12.2014





Ahora, llevamos adelante, pese a las dificultades, la actualización de nuestro modelo económico para construir un socialismo próspero e sostenible“. Raúl Castro, em discurso ao povo cubano no dia 17 de dezembro de 2014.

 Num dia de outubro do ano de 2012 – já contei isso antes por aqui – enquanto caminhava ao longo do Malecón habanero, eu ia observando o incessante bater das ondas contra os molhes que protegem a cidade. Retornara a Havana, passados 10 anos da minha visita anterior, para conhecer as mudanças que se dizia, então, estarem ocorrendo no país. Gastara os dias anteriores perguntando às pessoas sobre essas mudanças. “Câmbios? No hay cambios!“, asseguravam-me aqueles com quem falava. De fato, tudo parecia apenas dez anos mais velho, dez anos mais deteriorado, exceto pela novidade dos telefones celulares. “Mas um dia o mar vencerá o muro“, eu ia pensando enquanto contemplava a baía de Havana.

Lendo os jornais de hoje, 18 de dezembro de 2014, me pergunto: será este o momento? ...

O TEXTO CONTINUA!
CLIQUE AQUI PARA LER O TEXTO COMPLETO (no blog de Giulio Sanmartini)


Vejam também:
    __________________________________________________
    """"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
    Aviso sobre comentários:
    Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

    Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
    Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
    Obrigado pela sua participação!
    Volte sempre!
    ___________________________________________________________
    ¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    Busca pelo mês

    Almir Quites

    Seguir por e-mail

    Wikipedia

    Resultados da pesquisa