domingo, 27 de outubro de 2013

COMPLEXO DE VIRA-LATA OU MANIA DE GRANDEZA?

Por Almir Quites - 27/10/2013


A maneira tosca de falar, incapaz de expressar um pensamento coerente, é forma costumeira de Dilma Rousseff, a presidente do Brasil. Tudo o que ela diz é vulgar, fora de contexto ou é o que os marqueteiros preparam para que ela decore e diga.

Um amigo levantou a seguinte hipótese: "
talvez ela esteja encenando para se parecer com o Lula e ganhar votos". Bem, pode ser, mas isto seria muito pior. Significaria que o povo brasileiro só vota em ignorante! Assim, a ignorância estaria muito mais generalizada no meu país do que se poderia imaginar.

Há alguns meses atrás, Dilma perdeu-se em ideias vagas para enredar Nelson Rodrigues, o dramaturgo, à sua campanha política. Disse ela: “
Uma outra coisa importantíssima surgiu no Brasil, importantíssima, e eu vou falar o que é. Ela está ligada de uma certa forma a uma crônica feita por um senhor que se tivesse nascido em qualquer lugar de língua inglesa seria considerada gênio lá. (…) Ele fez uma crônica. Ele chamava Nelson Rodrigues. Ele era muito engraçado. Ele fez uma crônica que chamava Complexo de Vira-lata”. Frase dela. Foi bem assim.

Ontem, sexta-feira (25/10/2013), a presidente voltou ao tema, ao reinaugurar o estádio Nacional Mané Garrincha, assim: "
Isso serve para a gente superar esse complexo de vira-lata". Foi então que o imortal Nelson Rodrigues bradou tão alto e desesperado que todos os que têm poderes mediúnicos ouviram: "Eu me referia à "pátria de chuteiras", ao Brasil do Futebol e seu trauma de 1950, no Maracanã, não ao Brasil da política. O Brasil da política atual é mesmo um vira-lata sem cabeça".

Eu que não sou médium, nem espírita, perdi esta parte! Bem que gostaria de ter ouvido esta "manifestação" redentora!

O que assola o manhoso Brasil é a mania de grandeza. Mania (do grego; significa loucura) é um distúrbio mental caracterizado por aumento anormal da euforia. É característico do Transtorno Bipolar, mas também pode ocorrer devido à intoxicação por drogas (como cocaína ou metanfetamina). 
Isto é diametralmente oposto ao complexo de vira-lata. É a síndrome do Brasil Maravilha, este estado morbígeno induzido pelos marqueteiros do governo, desde os tempos de Lula. Os safados e os tolos dizem e acreditam, respectivamente, que "o Brasil é o melhor país do mundo, uma superpotência". O povo que crê nisso se finge de rico em festa de alta sociedade. O Brasil é pobre, come mal, mas escuta funk em carro com som automotivo, em intensidade tão alta que todo o bairro pode ouvir. 

Fingindo-se de rico, o povo se endivida, vivendo de financiamentos. O endividamento do brasileiro é recorde. Chegou a R$ 653 bilhões, o que equivale a 40% da renda anual. Trata-se do maior valor da série histórica.


Almir Quites
___________________________


A inauguração do Brasil por Dilma

Nov. de 2013 - J.J. Espíndola

Acrescento nesta postagem mais um exótico exemplo do dilmês!
Dilma fala no FORUM DE DESENVOLVIMENTO E OPORTUNIDADES PARA CEARENSES.

Ela começa ‘comprimentando’ a todos os presentes, inclusive os ‘companheiros homens’... 
Depois afirma que o Nordeste (além da seca) é um problema... Vai em frente e diz que o Brasil foi fundado pelos cearenses e que o Brasil começou ali, no Ceará...

Este foi o discurso:

"Eu queria iniciar c
omprimentando aqui todos os presentes, comprimentando a mulher cearense, os companheiros homens e dizer do meu imenso prazer de tá aqui, mais uma vez, no Ceará. [...]
O Nordeste e a seca são um problema. Jamais houve uma atitude correta em relação a essa situação ao longo dus...dus...dus anos sobre essa situação, que é a questão da existência dum fenômeno climático nessa região do país.[...]
E de um lado é um desafio e de outro, é um direito do cidadão que aqui veio, aqui povoou e aqui... não só fez tudo isso, mas inaugurou o Brasil. Num vamos esquecê aonde o Brasil cumeçô.
[...] 
Por isso, nós todos sabemos que hoje, todo mundo olha pra essa região e num vê mais o chamado primo pobre da nação."


É inacreditável, já que quem fala é quem é a Presidente do Brasil. A Dilma sem um texto decorado ou escrito nas mãos ou um audio-prompter nos ouvidos ou mesmo um teleprompter à frente é um desastre!

Veja: 

======
~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~
____________________________________________________________________________
""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""
Aviso sobre comentários:
Comentários contra e a favor são bem vindos, mesmo que ácidos, desde que não contenham agressões gratuitas, meros xingamentos, racismos e outras variantes que desqualificam qualquer debatedor. Fundamentem suas opiniões e sejam bem-vindos.

Por favor, evite o anonimato! Escreva o seu nome no final do seu comentário.
Não use CAIXA ALTA, isto é, não escreva tudo em maiúsculas, escreva normalmente. 
Obrigado pela sua participação!
Volte sempre!
___________________________________________________________
¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Busca pelo mês

Almir Quites

Seguir por e-mail

Wikipedia

Resultados da pesquisa